Importancia de investir em treinamentos

Para quem está trabalhando na área de TI não faltam oportunidades no mercado. Mas para conseguir avançar na profissão uma dica inevitável é manter-se sempre atualizado. Muitos fazem isso por conta própria, de forma autodidata, mas faz toda a diferença para a carreira aprender programação em cursos que oferecem certificação e que tenham grande credibilidade e experiência no mercado.

O ManpowerGroup perguntou para 41,7 mil empregadores em 42 países qual o cargo mais difícil de preencher quando estas empresas estão procurando talentos. Os profissionais de TI – especialmente programadores e desenvolvedores, administradores de bancos de dados, líderes e gerentes de TI – ocupam o nono lugar entre as funções que as empresas têm mais dificuldade de achar no mercado.

Enquanto a média global das empresas que têm dificuldade de preencher as suas vagas é de 39%, este patamar sobe para 61% no Brasil. No país os profissionais de TI ocupam a 10ª posição no ranking das vagas mais difíceis de serem preenchidas.

A principal razão para esta dificuldade existir e ter se tornado global é a falta de candidatos disponíveis no mercado (35% das empresas apontaram esta causa), seguida da falta de habilidades técnicas (34%) e falta de experiência (22%).

Profissionais cobiçados

Uma pesquisa feita pela consultoria Robert Half com empresas dos Estados Unidos revelou que a procura por talentos na área de TI continua persistente. Candidatos top conseguem uma ascensão rápida e recebem “ofertas generosas”. Quem está liderando a demanda por profissionais da área são os perfis que atuam com network security e big data.

Ainda de acordo com a pesquisa da Robert Half, habilidades específicas podem incrementar o que o profissional com conhecimentos básicos recebe em 8%, na média. As habilidades mais procuradas e valorizadas, neste sentido, são as que envolvem o SharePoint (8% de incremento), desenvolvimento Java (+8%), Hadoop +(7%), Microsoft SQL Server database (+8%), administração de Cisco network (+7%), desenvolvimento .NET (+7%) e habilidades de virtualização (+7%).

Esta mesma realidade de valorização do talento na área de TI é vivida no Brasil. Aqui profissionais que investem em qualificação e que têm experiência na área conseguem escalar rápido conforme melhoram o próprio currículo e demonstram as suas habilidades na área.

De acordo com uma reportagem da ComputerWorld, 10 perfis de profissionais com conhecimentos específicos têm a melhor perspectiva para 2017. Confira a lista:

  1. Desenvolvedores de software full-stack
  2. Gerente de projeto
  3. Cibersegurança
  4. Profissionais de redes
  5. Profissionais de UI/UX
  6. QA/testing
  7. Engenheiros de nuvem
  8. Big Data
  9. Profissionais de Machine Learning e Inteligência Artificial
  10. DevOps

Os melhores cursos

O caminho mais prático para aprender programação, banco de dados e outros conhecimentos da área de TI que estão em alta e elevar o seu grau de qualificação sem gastar diversos anos na universidade é procurar cursos de formação rápida certificados com profissionais altamente capacitados.

Uma das melhores opções do mercado com este perfil de formação são os cursos da V.Office, empresa com mais de 20 anos de experiência no mercado de Florianópolis.

A V.Office tem cursos online e presenciais que ajudam na formação e no aprimoramento das habilidades mais procuradas pelo mercado e dos perfis profissionais que estão em alta na área de TI. Confira 5 opções de formação com diferentes cargas horárias e que estão com vagas abertas na empresa:

Treinamento de UX para programadores e designers: o conteúdo desta formação com 24 horas de duração abrange os conceitos, técnicas e ferramentas utilizados no cotidiano de um profissional de UX;

Treinamento de Cloud com AWS: voltado para desenvolvedores e/ou administradores de sistemas que desejam aprimorar seus conhecimentos sobre cloud computing, este treinamento tem 32 horas de duração e é ministrado nas terças e quintas-feiras à noite;

Academia do Java – Oracle Edition – Edição especial com Curso de Java 8 Oficial da Oracle University: em parceria com a Oracle University e com 144 horas de duração, esta formação completa é voltada para quem deseja trabalhar profissionalmente com a tecnologia Java;

Oracle Arquiteto de Aplicações Enterprise com Java EE: com 40 horas de duração, este curso prepara o profissional para desenvolver arquiteturas robustas para aplicações corporativas utilizando Java.

Oracle Database 11g: Workshop de Administração I:Com 40 horas de duração, o curso prepara o profissional para criar e manter um banco de dados Oracle;